Siga o OTD

Santiago 2023

Alexandre Galgani leva ouro no encerramento do tiro

Brasileiro da SH2 venceu com tranquilidade enquanto Carlos Garletti ficou com prata na SH1

Alexandre Galgani tiro esportivo jogos paralímpicos santiago-2023
Foto: Miriam Jeske/CPB

No finzinho da transmissão oficial, o placar sumiu da tela. Ainda bem que Alexandre Galgani já tinha uma grande folga na liderança e o torcedor brasileiro sem precisou se preocupar. Fechando a programação do tiro esportivo nos Jogos Parapan-americanos de Santiago-2023, o brasileiro foi ouro na carabina de ar mista em pé a 10m para atletas da SH2.

+ Veja o quadro de medalhas dos Jogos Parapan-Americanos
+ Confira a agenda de Santiago-2023

Mais cedo, Carlos Garletti levou a prata na carabina mista deitada a de 50m para atletas da SH1. Ele marcou 238.4 pontos, atrás da colombiana Maria Restrepo. O norte-americano Kevin Nguyen ficou com o bronze.

O Comitê Paralímpico Brasileiro define atletas da SH1 como “atiradores de pistola e de carabina que não requerem suporte para a arma”. Enquanto isso, os da SH2 são “Atiradores de carabina que não possuem habilidade para suportar o peso da arma com os braços e precisam de suporte para a arma”.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Bruno Kiefer e Alexandre Galgani batem recordes parapan-americano

Nas eliminatórias, Galgani ficou em segundo lugar, com 626.4 pontos, pouco atrás do brasileiro Bruno Kiefer, que com 628.6 bateu o recorde Parapan-americano de classificação. Porém, na final Kiefer não manteve o mesmo nível terminando em sexto lugar, se despedindo na quinta série de tiros com 163.2, uma posição a frente da também brasileira Jessica Michalack, que terminou em sétimo, eliminada na quarta série, com 142.7.

Por outro lado Galgani começou muito bem brigando pela liderança com a argentina Maria Rodrigues. Após a terceira série de tiros, o brasileiro assumiu a liderança para não mais perder e enfim ampliar a vantagem. Na série final de tiros, Galgani ficou com 252.3 enquanto o uruguaio Carmelo Milan levou a prata com 248. Rodriguez terminou com o bronze.

Tiro do Brasil é segundo no parapan de Santiago-2023

O quadro de medalhas final do tiro deu vitória apertada para os Estados Unidos, com três ouros, uma prata e três bronzes. Portanto, uma medalha a mais que o Brasil com dois ouros, duas pratas e dois bronzes. Cuba e Colômbia levaram cada uma dois ouros, completando os títulos do tiro em Santiago-2023.

Galgani foi o único atleta brasileiro com duas provas, já que ele foi prata na carabina de ar mista deitada a 10m, no mesmo dia em que Marcelo Marton levou o primeiro ouro do tiro brasileiro em Santiago-2023. Débora Campos, na pistola de ar 10m PS2 da SH1, e Geraldo von Rosenthal, na pistola mista 50m da SH1, foram os bronzes do Brasil no parapan.

Interessado em cinema, esporte, estudos queer e viagens. Se juntar tudo isso melhor ainda. Mestrando em Estudos Olímpicos na IOA. Estive em Tóquio 2020.

Clique para comentar

Você deve estar logado para postar uma comentário Login

Deixe um Comentário

Mais em Santiago 2023